Paulo defende o fortalecimento dos municípios em congresso da UVP

Revisão do Pacto Federativo, umas das bandeiras de Eduardo Campos em sua campanha pela Presidência da República, também foi defendida pelo socialista


A parceria com os municípios, política adotada pelo ex-governador Eduardo Campos (PSB), é uma das prioridades do pré-candidato da Frente Popular ao Governo do Estado, Paulo Câmara (PSB). Nesta sexta-feira (27), o socialista afirmou que, se eleito, não apenas dará continuidade a esta política, mas ampliará essa realidade.  "É importante que os vereadores tenham assento nos diversos conselhos que norteiam as políticas públicas”, defendeu,  durante fala na abertura do Congresso Estadual da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP). A entidade participa hoje do Conselho Estadual de Desenvolvimento Social. Câmara pediu o apoio dos vereadores não apenas neste período de eleição, mas para ajudá-lo em seu governo. "Não dá para saber de tudo o que acontece nos municípios lá do Palácio. Vocês é que estão mais próximos do dia-a-dia da população, dos problemas locais",  explicou o socialista.

"O FEM (Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento  dos Municípios) é um dos resultados dessa parceria que Eduardo estabeleceu e que nós vamos continuar. Ele permite um repasse desburocratizado, porém com controle, para que o prefeito aplique naquela necessidade imediata. Isso trouxe mais reformas de hospitais, de creches, minissistemas de abastecimento de água, calçamento de ruas e outros benefícios",  exemplificou Câmara, lembrando sua proposta de tornar o repasse do FEM uma política de Estado, ou seja,  permanente. O socialista foi ao evento acompanhado dos candidatos a vice,  Raul Henry (PMDB), e ao Senado, Fernando Bezerra Coelho (PSB).

O socialista ainda destacou a "política perversa" de concentração de renda praticada pelo Governo Federal. "Em 1990, 80% do que era arrecadado no Brasil ia para estados e municípios. Hoje, esse percentual é de apenas 44%. A União,  que participava com também 80% do que era aplicado na Saúde, hoje é responsável por pouco mais de 40%. Essa coisa da concentração dos recursos era utilizada pelos regimes ditatoriais para minar as forças das unidades da federação. Em uma democracia, isto é inadmissível", lamentou. Câmara ressaltou que a revisão do Pacto Federativo é uma das bandeiras de Eduardo Campos em sua campanha pela Presidência da República.

MAROCAS - Em Belo Jardim,  na manhã desta sexta-feira (27), Paulo Câmara visitou o café da manhã que marca a abertura da tradicional Festa das Marocas. "Fui convidado pelo prefeito João Mendonça (PSD) e fiquei muito feliz de encontrar aqui na rua uma festa tão bonita, com pessoas tão alegres. Se Deus quiser, ano que vem estarei de volta, desta vez com o governador", afirmou o socialista.

"Pudemos ver aqui aquela que talvez seja a maior característica de Paulo: a simplicidade. Além da experiência comprovada na gestão pública e a capacidade de agregar, ele é uma essa que sabe escutar, tanto a classe política quanto o eleitor", avaliou João Mendonça.

Ainda em Belo Jardim,  Câmara recebeu apoio do também pessedista Ramiro Inácio, que disputou a eleição para prefeito de Jupi contra a atual gestora,  Celina Brito (PDT). "Mesmo sendo uma das forças de oposição no município, resolvemos deixar de lado as disputas locais, pelo bem de Pernambuco e pela continuidade do trabalho do ex-governador Eduardo Campos", explicou Inácio.

Crédito: Wagner Ramos

Assessoria de Imprensa do PSB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Confira o resultado...

"Tente a sua sorte! A vida é feita de oportunidades. O homem que vai mais longe é quase sempre aquele que tem coragem de arriscar."
Dale Carnegie