Líderes do campo fechados com Paulo Câmara

Em Arcoverde, socialista comandou ato com quatro mil representantes do segmento

A sensibilidade com os homens e as mulheres do campo sempre foi uma marca muito presente nos governos da Frente Popular. Intensos processos de eletrificação rural e ampliação do abastecimento de água cristalizaram bem esse compromisso, que foi reafirmado, nesta sexta-feira (5), por Paulo Câmara (PSB). O candidato da Frente Popular ao Palácio do Campo das Princesas reuniu mais de quatro mil lideranças rurais de 30 municípios em um encontro em Arcoverde, no Sertão, para destacar um conjunto de ações para o segmento, que serão implementadas em seu futuro governo.
Muito bem recebido pelos líderes do campo, que fizeram questão de mostrar que estão fechados com ele, Paulo Câmara, ao lado da prefeita Madalena Brito (PTB) e do seu companheiro de chapa, Fernando Bezerra Coelho (PSB/senador), adiantou que trabalhará incansavelmente pra garantir a universalização do abastecimento de água. O socialista se comprometeu com a execução de obras sonhadas pelo ex-governador Eduardo Campos e uma série de outras intervenções com esse objetivo que constarão em seu programa de governo. "Era um sonho de Eduardo que todos os pernambucanos pudessem ter água em suas torneiras. Eu não descansarei em nenhum momento para perseguir esse sonho", assegurou.
Conhecedor das dificuldades enfrentadas pelos agricultores das regiões mais secas de Pernambuco, Paulo aposta na ampliação do atendimento que o Estado presta a essas famílias, com distribuição de sementes, capacitação dos homens e mulheres do campo para o aumento da produtividade de suas propriedades, além de ações para a garantia da segurança hídrica.
"Teremos muito prazer em executar o plano de convivência com o semi-árido. Vamos dobrar o número de atendimentos, para que possamos incluir nossos agricultores familiares no processo de transformação que Pernambuco vivencia", destacou Paulo Câmara. Nos últimos sete anos, o Governo do Estado promoveu mais de 300 mil atendimentos aos produtores familiares. Paulo deseja ampliar esse atendimento nos próximos quatro anos. Atualmente, Pernambuco conta com 276 mil famílias que sobrevivem da agricultura familiar.
Dono de uma pequena propriedade no município de Venturosa, Manuel Tertuliano da Silva afirma que o segmento só conseguiu atravessar a recente e pesada seca que se abateu sobre o semi-árido graças à ajuda do Governo do Estado. "Foram três anos muito complicados. Muita gente perdeu tudo que tinha. Foi muito difícil, mas Eduardo olhou muito por nós", recordou, apostando na continuidade dessa política com Paulo. "A gente tem fé que ele vá fazer isso também. E, se puder, um tantinho mais", revelou.

Crédito: Wagner Ramos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Confira o resultado...

"Tente a sua sorte! A vida é feita de oportunidades. O homem que vai mais longe é quase sempre aquele que tem coragem de arriscar."
Dale Carnegie